Tratamento de sementes, uma espécie de seguro

Publicado em 20 de junho de 2017

Comentário(s)

Na Cooperalfa, a grande maioria dos produtores de soja prefere adquirir sementes com tratamento industrial, graças aos benefícios que esta oferece em comparação a semente convencional. Optando pelo TSI o agricultor adquire uma semente com um tratamento mais uniforme, reduz a mão-de-obra e o risco de contaminação dos operadores.

Para a safra 2017/18, a cooperativa dispõe de uma área de 7.500 hectares com potencial para produzir 300 mil sacas de sementes de soja da marca Semealfa. “São áreas criteriosamente selecionadas, com condições de solo e níveis de tecnologia favoráveis e que se enquadram aos padrões de qualidade exigidos pela indústria de beneficiamento”, declarou o coordenador de agricultura da Alfa, o engenheiro agrônomo Claudiney Turmina.

A semente colhida nas áreas cadastradas vai para a Unidade de Beneficiamento de Sementes (UBS), onde recebe o tratamento industrial composto por fungicida, inseticida, nutrientes, enraizadores, polímero, pó-secante, e, em alguns casos, inoculante longa vida.

A engenheira agrônoma Adriane Rebonatto, da filial de Xanxerê (SC), explica que o uso de inseticidas e fungicidas serve para o controle preventivo de pragas e doenças na fase inicial de desenvolvimento da cultura. Os nutrientes agem como estimulantes tanto da parte aérea, como do sistema radicular das plântulas. O encapsulamento da semente com polímero tem o papel fundamental na fixação dos demais componentes na semente, para dar mais aderência no momento do plantio e proteger as moléculas, fazendo com que permaneçam por mais tempo na semente, especialmente nos períodos mais chuvosos.


Mais informações sobre as sementes Semealfa na edição de Julho, do jornal O Cooperalfa.

Assessoria de Imprensa




Comente


Leia também

Conhecer para Cooperar

02 de setembro de 2016

Dia Nacional do Campo Limpo envolve 1.200 crianças em Chapecó

18 de agosto de 2016

Cooperalfa reuniu quadro de lideranças em agosto

14 de outubro de 2016

Gestão das propriedades em Ipuaçú

23 de agosto de 2016

As oportunidades da crise

01 de setembro de 2016

Identificada nova praga de pastagens em Santa Catarina

23 de agosto de 2016

Cooperalfa inicia o ano do seu cinquentenário

05 de janeiro de 2017

Contatos Cooperalfa

Contatos dos setores

Trabalhe na Cooperalfa

Ligar para matriz
(049) 3321-7000

Av. Fernando Machado, 2580-D
Passo dos Fortes
Chapecó / SC