Governo libera R$ 190,25 bilhões com juros menores para médios e grandes produtores

Publicado em 07 de junho de 2017

Comentário(s)

Uma semana após o lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar, nesta quarta-feira (7) foi a vez do Plano Safra Agrícola e Pecuário 2017/2018 ser apresentado pelo Governo Federal, no Palácio do Planalto, em Brasília.

O Plano Safra disponibiliza R$ 190,25 bilhões em créditos para médios e grandes produtores rurais, contra R$ 185 bilhões em 2016. Deste volume, ao todo, R$ 149 bilhões serão em juros controlados pelo governo e R$ 39 bilhões em juros livres, ou seja, determinados pelas instituições financeiras. No ciclo anterior tinham sido 115,8 bilhões a juros controlados, ou seja, nesta temporada houve um aumento de 28% nessa modalidade de crédito.

Juros menores

Haverá redução de até dois pontos percentuais nos juros para as operações agrícolas.

Para o custeio, os juros variam entre 7,5% pelo Pronamp - Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural - e 8,5% ao ano para os demais produtores. Isso é um ponto percentual inferior à safra anterior, em ambos os casos. O valor do crédito é limitado em R$ 1,5 milhão e R$ 3 milhões, respectivamente.

Para investimentos em inovação e tecnologia, por meio do Inavagro, e para o Programa de Investimento para Construção de Armazéns (PCA) a redução foi de dois pontos: de 8,5% para 6,5%.

O Ministro da Agricultura, Blairo Maggi, destacou a importância dessa liberação de recursos para diferentes modalidades agrícolas. “Muitos me questionam que o Brasil é um país que só vende commodities. Mas quando vendemos soja, milho, algodão e carne estamos vendendo muitos anos de aprendizado e investimentos. O Brasil não seria grande produtor de alimentos se não tivesse conhecimento da tecnologia, da ciência e da inovação”, comentou.

Para o financiamento de máquinas agrícolas, haverá 82% mais recursos que no ano anterior, através do programa Moderfrota 2017: são R$ 9,2 bilhões liberados. Mesmo com o aumento da verba, os juros caíram um ponto percentual nesta modalidade, agora em 7,5% ao ano.

Seguro Rural: valor aumenta

O Governo aproveitou para anunciar outra novidade. Há poucas semanas, havia apenas R$ 90 milhões liberados para o Seguro Rural. O valor seria, pelo menos, igual ao do ano passado: R$ 400 milhões. Na manhã desta quarta-feira foi informada a ampliação do valor para R$ 550 milhões, o que agradou os ruralistas do legislativo..

O valor liberado para o Seguro Rural é 37,5% maior que a safra anterior e deve aumentar ainda mais a área segurada no país e as apólices contratadas, que totalizaram em 73,6 mil em 2016 - 82% a mais que 2015.

Fonte: Gazeta do Povo




Comente


Leia também

Conhecer para Cooperar

02 de setembro de 2016

Dia Nacional do Campo Limpo envolve 1.200 crianças em Chapecó

18 de agosto de 2016

Cooperalfa reuniu quadro de lideranças em agosto

14 de outubro de 2016

Gestão das propriedades em Ipuaçú

23 de agosto de 2016

As oportunidades da crise

01 de setembro de 2016

Identificada nova praga de pastagens em Santa Catarina

23 de agosto de 2016

Cooperalfa inicia o ano do seu cinquentenário

05 de janeiro de 2017

Contatos Cooperalfa

Contatos dos setores

Trabalhe na Cooperalfa

Ligar para matriz
(049) 3321-7000

Av. Fernando Machado, 2580-D
Passo dos Fortes
Chapecó / SC